Notícias

Primeira obra realizada e instalada totalmente pela JINGLI em Portugal (31/10/2019)

Escada com rampa com acabamento em mármore e corrimão em ferro forjado

No exterior do Centro de Terapias Chinesas de Picoas (em Lisboa), que está neste momento a ser reabilitado pela JINGLI, encontra-se agora uma robusta escada com rampa com corrimão em ferro forjado desenhada e construída pela nossa empresa. No total, a escada e a rampa têm um comprimento de 6,10 metros, sendo que a rampa sozinha tem 4,80 metros e foi concebida como acesso para pessoas com mobilidade reduzida. Esta rampa foi projectada com dois declives de modo a facilitar a passagem de pessoas em cadeiras de rodas, constituindo por si mesma um exemplo da importância dada ao cuidado e respeito pelas pessoas com necessidades especiais.

Esta escada com rampa é constituída por uma estrutura em aço, placas de revestimento interno (de modo a reduzir a emissão de som seco), elegante acabamento em mármore e um corrimão em ferro forjado pintado num escuro tom verde. Trata-se de uma obra de pequena dimensão mas de grande complexidade artística, uma vez que tem em consideração o contexto de rua lisboeta e os diversos elementos artísticos do próprio prédio em que se insere. O logótipo do Centro de Terapias Chinesas e os diversos elementos arquitectónicos em seu redor coexistem em perfeita sintonia. De certa forma, esta coexistência simboliza a rica e longa história dos intercâmbios culturais sino-portugueses e demonstra o crescente interesse dos portugueses pelas terapias chinesas.


Assinatura de Memorando de Entendimento entre o Seixal e Qingdao – 09/09/2019

No dia 9 de setembro uma delegação de representantes do Gabinete de Comércio do Município de Qingdao foi recebida na Câmara Municipal do Seixal pelo Presidente Joaquim Santos, com o intuito de assinar um memorando de entendimento relativo ao desenvolvimento da futura cooperação entre ambas as cidades.

Foto de Luis Miguel Martins / Câmara Municipal do Seixal

De entre os diversos ilustres convidados presentes no evento será possível destacar o Embaixador Chinês em Portugal, Cai Run, o Vice-presidente do Comité Permanente da Assembleia Municipal Popular de Qingdao, Zou Chuanning, o Presidente da Associação de Comerciantes e Industriais Luso-Chinesa, Cai Wenxian, e o Sócio-Gerente da Jingli Construção e Gestão Imobiliária Lda., Ouyang Ganlin. A materialização desta importante reunião apenas foi possível através dos esforços enveredados tanto pela Jingli como pela Iberia Universal enquanto elo de ligação entre Qingdao e o Seixal.

O evento foi iniciado com uma visita ao interior da Câmara Municipal do Seixal, cujas instalações são das mais modernas a nível nacional no que diz respeito a edifícios municipais, e tendo a conferência começado após um pequeno coffee-break.  

Foto de Luis Miguel Martins / Câmara Municipal do Seixal

Na sua apresentação o Presidente da Câmara do Seixal destacou a relevância da oportunidade evidenciada pelo memorando de entendimento para o desenvolvimento de uma cooperação e aprendizagem mútua, lembrando, de seguida, o papel desempenhado por Portugal na exploração marítima e expressando a sua alegria por esta ser a vez de Qingdao descobrir o Seixal. Com 170.000 residentes e uma área de 95km², o Seixal é a 15º cidade mais populosa de Portugal e possui uma significativa centralidade geográfica dada a sua proximidade aos portos e aeroportos existentes e a sua conectividade às autoestradas e vias ferroviárias mais importantes. Com os olhos portos no futuro, Joaquim Santos salientou a relevância da construção do porto no Barreiro e do aeroporto no Montijo. No mesmo sentido, o Seixal está, neste momento, a aguardar pelo início das obras de construção do seu próprio hospital e a preparar a criação de um polo industrial farmacêutico. A cidade do Seixal é hoje um centro turístico em franco crescimento por força das suas praias, zonas verdes e eventos culturais. Não obstante, o Seixal pretende reforçar o seu compromisso para com o aumento da qualidade de vida com projetos tais como o do “Seixal’s Eco Resort”, para o qual ainda se estão a procurar investimentos.

Foto de Luis Miguel Martins / Câmara Municipal do Seixal

O Embaixador Chinês recordou que no presente ano se assinala o 40º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre a China e Portugal e destacou a mutuamente frutuosa cooperação que se tem vindo a fortalecer desde então. As recentes visitas de estado levadas a cabo pelos chefes de estado de ambos os países à China e a Portugal, respetivamente, e a presença dos dois países na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” demonstram que este se trata do melhor momento na história da relação bilateral. Para além disso, no ano de 2018 o valor das trocas comerciais bilaterais ascendeu a 5.1 mil milhões de euros e o investimento chinês em Portugal chegou aos 9 mil milhões de euros. Enquanto pessoa natural de Qingdao, Cai Run considera que a sua terra natal se trata de uma das cidades chinesas com maior importância histórica, sendo hoje o palco de diversos eventos tais como o festival de cinema, a competição de regata e o festival da cerveja (Tsingtao).

Foto de Luis Miguel Martins / Câmara Municipal do Seixal

Zou Chuanning destacou durante o seu discurso a bela paisagem do Seixal, a favorável estrutura industrial e de infraestruturas e o apelativo enquadramento para a realização de investimentos que pode ser convertido numa excelente plataforma de cooperação para as empresas portuguesas e de Qingdao. A cidade de Qingdao tem 10 milhões de residentes, tal como a totalidade de Portugal, e registou em 2018 um PIB de 180 mil milhões de dólares, assumindo a 12ª posição do ranking chinês. Grandes empresas como a Haier, Hisense, CRRC e a Tsingtao estão sediadas em Qingdao e disfrutam do moderno porto de mercadorias da cidade, sendo este mesmo porto o sétimo maior do mundo. No ano de 2018 a cidade de Qingdao, cidade-irmã de Lisboa, foi anfitriã da cimeira da Organização de Cooperação de Shanghai e assinou um memorando de entendimento com a agência portuguesa AICEP com o propósito de reforçar a cooperação económica. Tanto Portugal como Qingdao partilham uma especial vocação e experiência no que diz respeito à investigação e exploração marítima e, consequentemente, existem as condições ideais para o lançamento de uma excecional plataforma de cooperação.

O Presidente da Associação de Comerciantes e Industriais Luso-Chinesa, Cai Wenxian, expressou a sua crença no potencial de uma cooperação entre o Seixal e Qingdao. Uma plataforma que conduziria a uma promoção do desenvolvimento económico, cultural e urbano de ambas as cidades e a benefícios para os seus cidadãos. Também podemos ter em consideração a possibilidade de as empresas das duas cidades desempenharem um papel crucial na consolidação da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, fortalecendo as trocas comerciais ao longo da faixa económica da rota da seda e da rota marítima da seda.

Durante a conferência, o professor Ouyang Ganlin, Sócio-Gerente da Jingli Construção e Gestão Imobiliária Lda., fez uma apresentação relativa ao tema da Reabilitação Urbana e Reforço Sísmico em Edifícios Existentes. Recorrendo a vários exemplos, o professor Ouyang Ganlin revelou alguns casos de má implementação de reabilitação urbana na cidade de Lisboa. Basicamente, torna-se claro que grande parte do trabalho de reabilitação levado a cabo nos dias de hoje se foca estritamente nos aspetos de natureza estética, negligenciando elementos estruturais tais como os pilares e as vigas que deveriam garantir a estabilidade dos edifícios. Deveria existir uma maior cooperação ao nível da construção e engenharia civis de ambos os países de modo a promover um desenvolvimento urbano mais sustentável que seja capaz de resistir a desastres naturais como os terremotos.

Foto de Luis Miguel Martins / Câmara Municipal do Seixal

A reunião foi dada como encerrada após a assinatura do memorando de entendimento pelo Presidente da Câmara do Seixal e pelo Vice-presidente do Comité Permanente da Assembleia Municipal Popular de Qingdao diante das entidades governamentais, empresas e convidados especiais presentes no evento.


Registo de nova patente para o desenvolvimento do espaço subterrâneo (25/07/2019)

Foi com grande satisfação que a JINGLI viu confirmado o registo de uma importante patente relacionada com a utilização de um dispositivo mecânico articulado que permite criar paredes no subsolo através da aplicação contínua de pressão e do recurso a um sistema vibratório elétrico e de projeção de um forte jato de água. Basicamente, este complexo dispositivo possibilita uma mais fácil concretização de projetos no espaço subterrâneo uma vez que dispensa a necessidade de se realizar uma escavação prévia da área envolvente e, consequentemente, reduz o tempo e o espaço útil necessários. Após a abertura do espaço estritamente necessário para a construção do segmento da parede, o próprio dispositivo concebe o molde para a cofragem e, de seguida, recebe o betão necessário.   



Jingli em Portugal de olho nos desafios de obras privadas e públicas

Dinheiro Vivo / Diário de Notícias – Joana Petiz – 16.05.2019 / 20:00

jingli

Ao fim de 20 anos a operar na China, a Jingli decidiu internacionalizar-se e escolheu Portugal como destino. Na entrada no país, fonte autorizada da empresa explica qual é a estratégia e as mais-valias que oferece. O que impulsionou a vinda da Jingli para Portugal e que mais-valia pode garantir, nomeadamente no mercado da reabilitação português, que está hoje tão vibrante? Qual é o principal atrativo?

A principal motivação que serviu de base ao projeto de fundação da empresa Jingli – Construção e Gestão Imobiliária, Lda. em Portugal foi a vontade de expandir para outros mercados a empresa-mãe, sediada em Qingdao, cidade costeira da província chinesa de Shandong. Contudo, é necessário compreender que esta internacionalização está enquadrada pela iniciativa do governo chinês Uma Faixa, Uma Rota, visando esta aproximar os povos e criar uma plataforma de cooperação económica que garanta benefícios mútuos. Para além disso, o facto de esta iniciativa praticamente coincidir com as visitas de Estado dos presidentes Xi Jinping a Portugal e Marcelo Rebelo de Sousa à China serve, em parte, como justificação para a eleição de Portugal como país de destino deste projeto.

Relativamente ao papel que a Jingli pode desempenhar no mercado português, no âmbito da reabilitação urbana e do reforço sísmico, será importante frisar que temos conhecimento de que existe muito trabalho a fazer em Portugal nestas áreas.

O facto de a empresa ter tecnologia especializada em sismologia também influenciou essa decisão?

Cada vez mais se pode ouvir e ler nos meios de comunicação portugueses que existe a necessidade de preparar os edifícios para possíveis futuros fenómenos sísmicos. É do conhecimento geral que o território português se encontra condicionado pelo contacto entre três placas tectónicas e que este já foi alvo de um grande sismo no ano de 1755, existindo um risco significativo de natureza permanente. Acreditamos que a nossa empresa pode contribuir, com a sua experiência e conhecimento, para os objetivos de reabilitação e para a mitigação daquele risco.

Este é também um mercado que tem forte concorrência. O que distingue a oferta da Jingli de outras que já atuam neste mercado?

Principalmente, o facto de ter uma grande experiência resultante da sua atividade de cerca de 20 anos no mercado chinês. Por outro lado, evidenciamos uma aliança muito forte entre os conhecimentos teórico-académicos dos nossos dirigentes (alguns dos quais docentes universitários) e a aplicação prática dos mesmos nos estaleiros das obras.

Há uma grande parte de inovação no ADN desta empresa. Quais são os métodos que aplicam e como podem fazer a diferença especificamente num quadro imobiliário como o de Lisboa e o do Porto, onde há muitos edifícios antigos e em condições deficientes de manutenção, mas com muita história, estruturas e traça a preservar?

Tal como expresso na própria pergunta, o intuito é sempre o de preservar a identidade histórica e cultural dos edifícios a serem intervencionados. Através de técnicas como a da elevação assíncrona de telhados, ou do desenvolvimento do espaço bidirecional (que possibilita o acrescento, ou o trabalho, nos espaços imediatamente acima ou abaixo da estrutura principal dos edifícios), é possível reforçar a capacidade de edifícios já existentes resistirem a fenómenos sísmicos e de tornar as suas estruturas mais duradouras. Não apenas devemos preocupar-nos com os aspetos estéticos dos edifícios, mas também com o reforço da resistência das estruturas de sustentação.

A Jingli está a prever investir também no mercado imobiliário comprando e/ou arrendando edifícios ou apenas enquanto prestador de serviços/parceira?

Numa fase inicial, não tencionamos investir diretamente no mercado imobiliário. Temos, sim, a vontade de estabelecer parcerias ou prestar serviços diretamente aos clientes, em operações que se relacionem com o reforço sísmico de edifícios ou a reabilitação urbana. Não obstante, não colocamos de parte a possibilidade de entrarmos conjuntamente num projeto de construção a partir das fundações.

E, nessa área, querem aproveitar os clientes (particulares, empresas e até agências, nomeadamente imobiliárias) que já atuam aqui enquanto foco de negócios?

Se as agências imobiliárias entendessem procurar a nossa colaboração ou, até, empresas de construção quisessem repartir tarefas com a nossa empresa, então, teríamos conseguido alcançar o nosso objetivo primordial ao instalarmo-nos em Portugal. Além disso, não apenas estamos dispostos a trabalhar com o setor privado, mas também manifestamos abertura para responder a desafios que nos sejam colocados pelo setor das obras públicas. Um exemplo: seria uma grande honra para nós se nos convidassem a contribuir para a preservação de obras do património português, nomeadamente através de ações de reabilitação.

A aposta em Portugal é ainda um teste ou um primeiro passo numa aposta de longo prazo? A partir daqui, ponderam entrar noutros países europeus?

A China e Portugal mantêm, de há séculos, uma relação que foi, de um modo geral, muito positiva. As autoridades locais e todos os nossos interlocutores em Portugal acolheram-nos de uma forma muito afetuosa. Por isso, estamos muito satisfeitos em poder considerá-los como amigos. De facto, Portugal pareceu-nos ser a porta de entrada ideal para uma expansão no continente europeu. E esse é, claro está, um objetivo a prazo.

Nota: O sócio-gerente da Jingli – Construção e Gestão Imobiliária, Lda. é o professor Ouyang Ganlin, da Universidade de Tecnologia de Qingdao, China

BI

Com 20 anos de experiência e reconhecimento nas áreas da engenharia e construção civil na China, a Jingli está neste momento focada em projetos de reforço sísmico (prevenção antissísmica) e de reabilitação urbana em Portugal, contando com certificações internacionais em áreas como Sistema de Gestão Ambiental, Sistema de Gestão da Saúde e Segurança Ocupacionais e Sistema de Gestão de Qualidade, e sendo titular de 15 patentes relacionadas com a requalificação urbana, deslocação e retificação da inclinação de edifícios e desenvolvimento do espaço urbano bidirecional.


葡华头条 II “一带一路”走进葡萄牙——暨危旧房屋加固改造新技术发布会在里斯本举行

Headline News: “Belt and Road Initiative” into Portugal — Press Conference on Innovative Technologies for Reinforcement and Renovation of Dilapidated Houses, Lisbon

葡华报 2018-11-04

Puhua Newspaper  December 4th, 2018

葡华报讯  11月2日17时,“一带一路”走进葡萄牙——暨危旧房屋加固改造新技术发布会在里斯本Marriott酒店成功举办。本次发布会由静力建设与不动产管理有限公司主办。葡萄牙中华总商会会长蔡文显、葡萄牙中资企业协会主席张鑫、里斯本大学孔子学院葡方院长齐莉娅女士、里斯本大学孔子学院中方院长王锦程、葡萄牙中华文化之友协会会长王锁瑛女士、葡萄牙A2P consult公司总经理Júlio Appleton先生、中国银行里斯本分行副行长郭志强、华为集团葡萄牙公司副总经理黄俊、中葡拉美国际商会会长刘贺、EMGI投资公司总经理崔冰女士以及华人华侨代表、企业代表等50余人参加了此次发布会。

Puhua News: On December 2nd, JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA successfully hosted “Belt and Road Initiative” into Portugal — Press Conference on Innovative Technologies for Reinforcement and Renovation of Dilapidated Houses at Morriott Hotel, Lisbon, at 17:00 o’clock. More than 50 people attended this press conference including Cai Weixian, Chairman of Portugal Chinese Business Association, Zhan Xin, President of China Enterprises Association (Portugal), Ms. Teresa Cid,Portuguese Director of Confucius Institute at University of Lisbon, Wang Jincheng, Chinese Director of Confucius Institute at University of Lisbon, Ms. Wang Suoying, Association for Friends of Chinese Culture, Mr. Júlio Appleton, General Manager of A2P Consulting Firm, Guo Zhiqiang, Vice-president of Bank of China (Lisbon Branch), Huang Jun, Vice General Manager of Huawei (Portugal Branch), Liu He, President of International Chamber of Commerce (China, Portugal, Latin America), Ms. Cui Bing, General Manager of EMGI and representatives of overseas Chinese and companies.

发布会伊始,葡萄牙中华总商会会长蔡文显先生上台致辞表示,中国在特种专业工程方面的成就举世瞩目,如最重、最高的楼宇移位工程在中国,平面剪切式旋转移位中国首创,异步顶升法中国首创,老旧房屋免拆除双增改造中国首创,大型桥梁的平移还是中国首创。据悉,这次发布会将公布的6项新技术,都是中国发明专利,其中四项已申报美国进入审核阶段。

   At the very beginning of the press conference, Mr. Cai Wenxian, Chairman of Portugal Chinese Business Association, came to the front and made a speech. In his speech, he expressed that China had achieved great success in (the field of) special professional engineering. He gave several examples: building moving project with the largest height and maximum height was finished in China; plane shearing rotation displacement method, asynchronous roof-lifting method, method of double-addition transformation of dilapidated houses without demolition, and method for displacement of large bridges were all invented first by China. From his speech, it is learnt that on this press conference, six new technologies which had received patents of invention in China were released. Among them, four patents had declared the international patents for invention and their application had been accepted by the United States Patent and Trademark Office.

蔡文显会长表示,主办单位在葡萄牙开展的业务,很适宜葡萄牙旧城区改造的需求。一旦这些新技术在葡萄牙得到推广,相信一定会促进葡萄牙危旧楼房改造修复工程的进步与发展,为葡萄牙老旧城区改造提供一些新的技术思路,在不破坏建筑文化遗产信息的前提下,满足业主对房屋空间、功能布置,生态植入等方面的与时俱进的愿望,让城市生态更和谐,市民生活更舒心!投资本项目的中国青岛静力工程股份有限公司,在国内加固改造行业中实力排名前列,是中国国家高新技术企业,载入国家数据库的科技型企业,这样的企业加入一带一路建设,是值得庆贺的事情。

 Chairman Cai wenxian said that businesses conducted by the host of this press conference in Portugal met the requirements of renovation of old cities there very well. “If these technologies could be promoted and applied in Portugal, it was believed that they would help to promote the progress and development of the renovation and remediation of the dilapidated houses in Portugal, which would provide new technical ideas for the renovation of old cities there. Destroying no architectural heritages, these technologies would help to meet owners’ up-to-date requirements of the houses such as the house space, functional layout, ecological implantation, etc. It would make the ecology of cities much more harmonious and the life of people much more comfortable. Qingdao Jingli Engineering Co., Ltd, which invested this project, ranks forefront in China’s reinforcement and renovation industry. It is not only a national high and new tech enterprise but also a technology-based enterprise which has been entered into national database. Its joining into the building of Belt and Road is a cause for celebration.”, said Mr. Cai.

随后,葡萄牙中资企业协会主席张鑫先生致辞表示,中国是建筑业大国,每年消耗的钢材、水泥占全世界生产总量的40%,在旧城区危旧房屋加固改造方面,也积累了很多经验,创造出很多新技术。就目前葡萄牙危旧房屋加固改造力市场情况,仅2018年上半年,葡萄牙获得新建筑许可证的就有9836套,而市场仍需7万套住房的供应。葡萄牙政府对旧城区改造非常重视,鼓励社会和个人投资旧城区改造,仅减免税有6种(转让税、市政税、个人所得、资本利得税、房屋所得、增值税)等一系列的优惠。在这种形势下,通过合法的途径用创新技术积极介入葡萄牙旧城区改造,是机遇也是挑战。

   Then, Mr. Zhang Xin, President of Portugal Chinese Business Association, delivered a speech. saying that as a big construction country, every year China’s consumption of steel and concrete account for 40 percent of the world output. “In the field of reinforcement and renovation of dilapidated houses,” he stated, “China has accumulated rich experience and created lots of new technologies.” He continued, “Focusing on the market of dilapidated houses’ reinforcement and renovation in Portugal, it could be found that though 9836 housings had obtained construction permits during the first half of 2018, 70,000 housings were still needed. Attaching great importance to the renovation of old cities, Portuguese government encouraged social organization and individuals to invest (in) the renovation of old cities by offering a series of preferential policies including exemption and reduction of 6 kinds of taxes, namely, transfer tax, municipal tax, personal income tax, capital gains tax, housing income tax and value-added tax. Under such circumstances, it was a chance as well as a challenge to take an active part in the renovation of old cities in Portugal by using innovative technologies legally. “

张鑫先生表示,借此机会,希望静力建设公司在葡萄牙经营活动中遵守当地法律,尊重当地民俗,通过技术的纽带将中葡两国建筑工程师们结合在一起,共同推动葡萄牙旧城区改造加固工程的技术创新与进步,为葡萄牙城市建设的发展做出努力,只有尽心服务社会,才能获得社会回报。 

   Taking this opportunity, Mr. Zhang Xin hoped JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA could abide by local laws and respect local customs when it was running its business in Portugal. He hoped that technologies could bond Portuguese and Chinese construction engineers together to promote technological innovation and progress of renovation projects of old cities in Portugal and to make contribution to urban construction of Portugal. In his opinion, only when one serves the society with all his/ her heart, can he/ she be rewarded by the society.

随后,青岛理工大学终身兼职教授、中国老教授协会土木专业委员会副主任委员、青岛市土木工程学会副主任委员兼地下空间专委会主任委员、静力建设与不动产管理有限公司的法人经理欧阳甘霖先生发表创新技术演讲。

    Next, Mr. Ouyang Ganlin, a lifelong adjunct professor of Qingdao University of Technology, Vice-chairman of Civil Construction Special Committee of China Senior Professors Association, Deputy Director of Qingdao Civil Construction Engineering Society and Chairman of Underground Space Experts Committee, Legal Representative and General Manager, gave a speech on innovative technologies.

欧阳教授首先介绍了公司的基本情况,公司经营范围为土木工程、公共工程、地基工程和不动产管理及农业开发。随后讲述了修复工程现状,并分析了葡萄牙市场。他表示,目前葡萄牙危旧建筑加固改造力度很大,停车难、交通拥堵问题在老旧城区和新干道都比较明显,解决这个问题不仅需要资金更需要专业技术包括非开挖式地下建造技术作为支撑。

    Professor Ouyang Ganlin first made an introduction to JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA. According to him, registered business scope of the company was as follows: civil engineering, public engineering, foundation engineering, real estate management and agricultural development. Then, he told the current situation of rehabilitation engineering and made an analysis of the Portugal market. Since difficulty in parking and traffic congestion were fairly obvious in old cities and on new roads, he said, at present there was a great need for the reinforcement and renovation of dilapidated buildings in Portugal. He also mentioned, to solve the above-mentioned problems successfully, both money and professional technology including technology of non-excavation underground construction were needed.

发布会上,欧阳教授为与会嘉宾展示了多项新技术:

1.新材料——高延性混凝土,受弯不折断的混凝土梁

2.免拆除双向增层技术,所谓双向就是屋顶向上增加楼层向下增加地下室简称双向增层

3.原路闭合纠偏技术

4.六层住宅楼坑式静压桩纠偏技术

5.异步顶升法

    On the press conference, Professor Ouyang Ganlin introduced several new technologies to attendees.

1. New material——high ductility concrete; concrete beam which would not break when it was bent.

2. Technology for bidirectional addition without demolition. The so-called bidirectional addition means to add one layer to the top of one building and to add another layer to its bottom, namely to build a basement for the building.

3. Rectification by the method of original-path closure

4. Rectification of six-story residential buildings by using pit-jacked piles

5. Asynchronous Roof-lifting Method

最后,欧阳教授表示,上面介绍的五项有代表性的新技术对葡萄牙的危旧房屋加固改造工程有参考价值,如果这些技术得到推广应用,客观上会推动危旧房屋改造修复工程的进步与发展,为葡萄牙老旧城区改造增添一些新的技术思路,除了可以满足业主对房屋空间、功能布置,生态植入等方面与时俱进的愿望外,还表现在保护和传承建筑文化遗产的积极作用。让城市生态更和谐,市民生活更舒心。

    At last, Professor Ouyang Ganlin said, the above-mentioned five new technologies, which are representative, had a positive significance for the reinforcement and renovation of the dilapidated buildings in Portugal. If these technologies could be promoted and applied, he mentioned, objectively, it would help to promote the progress and development of the renovation and remediation of the dilapidated buildings, which would provide new technical ideas for the renovation of old cities in Portugal. He added, “On the one hand, it would help to meet the owners’ requirements of the houses such as the house space, functional layout, ecological implantation, etc. On the other hand, it would also play a positive role for the protection and inheritance of architectural heritages. All this would make the ecology of cities much more harmonious and the life of people much more comfortable.”

发布会现场还设有答疑环节,提问踊跃,欧阳教授一一回答。            

    There was a question-and-answer part on the conference. During the press conference, participants took an active part in it. Professor Ouyang Ganlin answered questions from participants one by one.

随后,蔡文显先生、齐莉娅院长、张鑫先生、欧阳甘霖先生为《静力建设与不动产管理有限责任公司》成立暨开业庆典揭牌。

    Afterwards, Mr. Cai Wenxian, Director Teresa Cid,Mr. Zhang Xin and Mr. Ouyang Ganlin unveiled the plaque for the establishment and opening ceremony of JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA.

葡萄牙A2P consult公司总经理Júlio Appleton先生致辞讲述了在港珠澳大桥正式开通之际,亲眼见证了这一建筑奇迹。他表示建筑领域技术需要更多、更细致的沟通交流和相互学习,未来也非常有意向和静力建设与不动产管理有限公司进行合作。

    Mr. Júlio Appleton, General Manager of A2P Consulting Firm, addressed to attending people that he saw a construction miracle before his eyes when the Hong Kong-Zhuhai-Macau Bridge officially opened. In the construction sector, more communication and exchange on technologies must be done, he said. He also claimed that he was willing to cooperate with JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA in the future.

最后,婉达波尔图律师上台致辞表示,作为静力建设与不动产管理有限责任公司的法律顾问,在该公司成立时审阅了大量法律文件,所以对该公司较为了解,他们是非常优秀的企业,掌握很多受葡萄牙欢迎的老旧房屋加固改造新技术,真诚祝福静力建设公司在葡萄牙发展壮大!

    At the end of the conference, Vanda Porto, lawyer, came to the platform and gave a speech. As law consultant of JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA, she said, she knew a good deal about the company for having perused a lot of legal documents when it was established. As far as she was concerned, it was an excellent company with new technologies for reinforcement and renovation of dilapidated houses, which were very popular in Portugal. Ms. Vanda also expressed her best wishes for the growth and development of JINGLI CONSTRUÇÃO E GESTÃO IMOBILIÁRIA, LDA in Portugal.