Demonstração Técnica

A construção de uma parede contínua subterrânea é alcançada recorrendo a uma máquina “bate-estacas” estática que introduz no solo o pilar de cofragem para moldar a parede de betão. Depois de o betão ganhar alguma resistência, o pilar de cofragem é removido e dá-se início à formação de uma parede contínua. Comparativamente com o método de construção tradicional, a parede contínua subterrânea construída com a pressão de uma máquina “bate-estadas”, de forma estática, possibilita uma redução do ruído sonoro e do impacto ambiental, e torna mais eficiente e célere todo o processo de construção. Esta técnica de construção pode ser aplicada não apenas na retenção e sustentação temporárias de água e estruturas, respectivamente, como também permite a criação de alicerces e estruturas para sustentação de grandes cargas de forma permanente.